Nossos Convênios

Para a emissão do Diploma de um curso técnico é exigido, pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação, que o aluno tenha realizado uma carga horária mínima de 200 horas de estágio. Frisamos que é uma EXIGÊNCIA LEGAL e que a Escola fica impedida de emitir diploma de qualquer curso técnico sem que a carga horária mínima de estágios seja cumprida e comprovada pelo Aluno.

Também é importante observar que os estágios somente terão validade se realizados na forma da lei, através de sua averbação, desde o início, pela Escola através de uma das instituições de estágio conveniadas. Estágios realizados de forma isolada, sem averbação e acompanhamento pela Escola, não são válidos para contabilização na carga horária exigida.

O Colégio e Escola Técnica Silva e Souza é filiado a Instituições de estágios como: CIEE, Fundação MUDES, ABRE e algumas empresas comerciais e industriais. Sempre que alguma dessas empresas oferece vagas ou solicita estagiários, são fixados cartazes na escola e avisos no site, anunciando as vagas , mesmo durante o período de formação. Caberá exclusivamente ao Aluno preencher os requisitos e comparecer à empresa conforme o enunciado pelo anúncio da vaga.

Observações importantes:

- Nossa instituição procura anunciar vagas para estágios, oferecidas por seus conveniados e parceiros, através do Mural de avisos das unidades e do nosso site. Porém, não tem a obrigação de garantir o estágio ao Aluno.  As contratações dos estagiários pelas Empresas, obedecem a critérios internos e próprios, como Processo Seletivo que é, e divergem em cada empresa, levando sempre em conta a capacitação dos candidatos e escolhendo os melhores e que dêem o indicativo de produtividade mais promissor.

- A responsabilidade da escola limita-se, portanto, em indicar a oportunidade, através de seus convênios;  ao fornecimento de documentação exigida para formalizar a contratação do estagiário e à  assinatura do Contrato de Estágio.

Exemplo 01:

Uma empresa conveniada ao CIEE ou Fundação MUDES solicita dois estagiários para a área de Informática: a instituição envia à nossa Escola e a diversas outras que possuam o curso, esta oportunidade. A escola a divulga, através dos murais internos da(s) unidade(s) e no site, aos alunos.

Aqueles alunos que estão realmente interessados em conseguir um estágio, certamente estarão atentos às oportunidades apontadas pela escola, buscando diariamente os pontos de divulgação destes para conseguirem a tão cobiçada vaga. Irão candidatar-se junto à empresa solicitante e passarão por entrevista ou concurso interno da empresa que decidirá, entre os diversos candidatos, os dois que estiverem melhor capacitados dentro de suas necessidades particulares.

Exemplo 02:

O aluno através de seu conhecimento pessoal consegue uma vaga para estágio em uma referida empresa.

Nos dois casos apresentados: qual o papel da escola?

É o de assinar o contrato de estágio, através da Empresa em parceria com uma instituição oficial de estágios, na forma arbitrada pela lei, para garantia da empresa e do aluno (a ter contabilizado a seu favor as horas deste estágio para fins de emissão do diploma de conclusão do curso - Estágios sem a validação feita pela Escola não contam oficialmente para este fim) e de fornecer a documentação necessária para admissão do aluno neste estágio.

Considerações finais:

O Colégio e Faculdade Silva e Souza, em um esforço todo especial, procura realizar convênios no sentido de dar, a seus alunos, prioridade na contratação de estagiários por empresas, porém, esta não é sua obrigação, e sim, uma das vantagens adicionais oferecidas a quem matricula-se em nossos Cursos Técnicos e de Nível Superior.

A obrigação da Escola é dar a seus alunos o melhor ensino, contratando profissionais capacitados e experientes, com amplo conhecimento do mercado de trabalho, para orientar os alunos e dar-lhes plenas condições para serem os mais cobiçados e melhor remunerados profissionais do mercado.

Dicas para conseguir um bom estágio:

a) Em primeiro lugar: estude muito, não falte às aulas e preste bastante atenção ao que for transmitido por seus professores. Eles tem bastante experiência no mercado e procuram transmiti-la diariamente, através das aulas, a você.

b) Faça, SEMPRE, VOCÊ MESMO os trabalhos propostos pelo professor, estes trabalhos procuram ajudá-lo a preencher as perspectivas do mercado, tendo em mente que o curso que está fazendo tenta capacitá-lo para o mesmo, e que no mercado só é sucesso quem se esforça para ser o melhor. É fácil enganar ao professor, copiando o trabalho de seu colega, ou copiando um texto encontrado na Internet...

...Mas como você resolverá o problema proposto, sozinho, em uma entrevista de seleção, em um teste de capacitação realizado por uma empresa ou, até mesmo, já em plena atividade profissional, na empresa pela qual você foi contratado para ser “o cara”?

c) “QUEM NÃO COLA, NÃO SAI DA ESCOLA”, dizem os maus estudantes... mas, em um concurso para garantir a vaga para seu estágio, você não terá colegas de classe, realizando a mesma prova e os mesmos testes. Por mais que aqueles que ali estejam sejam colegas da escola, você terá, sempre, ao seu lado, neste momento um concorrente à mesma sonhada vaga...

...O que fará, então, neste momento crucial de sua profissionalização? Será que ele lhe dará “cola”, para você tirar dele a oportunidade do desejado e necessário estágio?

d) Tenha sempre em mente o seguinte:

- Sua vida e carreira profissional SÓ DEPENDEM DE VOCÊ. Um estudante relapso jamais será um profissional de sucesso.

e) Estude bastante, esforce-se, preste atenção às aulas e aos avisos de oportunidades de estágio no mural e no site; procure também, através de seus amigos e conhecidos, estas oportunidades. Lembre-se de que você estará cuidando de seu futuro profissional.

Sobretudo, não tenha medo de perguntar e de apresentar suas dúvidas ao professor, pois ele está em sala de aula para isto: PARA ENSINAR-LHE O QUE VOCÊ NÃO SABE.

Não tente apresentar-se, perante os seus colegas, com uma imagem de que sabe tudo. Se realmente soubesse tudo, não teria que matricular-se em nenhuma escola, assim como eles.

Portanto:

Não prejudique-se por medo do possam “pensar” de você. Todos os que estão sentados à sua volta sabem tanto quanto você e a sua dúvida esplanada poderá dar, também a eles, a oportunidade de adquirirem maior conhecimento sobre o conteúdo apresentado pelo professor durante as aulas.

 

Dois filósofos, em duas eras mui distintas, e uma verdade uníssona:

-“Só sei que nada sei (...)”, “Conheço apenas a minha ignorância(...)”

                                                                                                            Sócrates

-“Viver e não ter a vergonha de ser feliz, cantar, e cantar, e cantar, com a certeza de ser um eterno aprendiz (...)”

                                                                                                                                                                             Luiz Gonzaga Jr.

 Reflita, assuma o leme de seu destino e seja um profissional de sucesso.

 Boa sorte!